Óbidos é uma fascinante cidade medieval portuguesa que se encontra a apenas uma hora de Lisboa. Maravilhosa de dia e mágica de noite. A rainha Isabel recebeu esta pequena vila de presente do marido, o rei Dionigi I. Provavelmente com o seu toque feminino a rainha Isabel tornou Óbidos um dos lugares mais lindos de Portugal.

Óbidos

O romântico centro histórico se encontra no cimo de um monte dominado por um castelo, ao seu redor se encontram várias ruas antigas de pedra e casinhas brancas com sacadas ornadas de flores, portas coloridas e decorações manuelinas.

Óbidos
Óbidos

Passear nas vizinhanças do castelo é sempre uma experiência encantadora, mas se queremos uma atmosfera romântica devemos vir no pôr do sol, o panorama se transforma e tudo absorve uma cor rosa.

Por do sol, Óbidos

O castelo construído por Dom Dinis no século XIII era um forte para a defesa da cidade, mais tarde foi enriquecido em estilo manuelino e hoje é um elegante hotel, um dos mais lindos de Portugal.

Castelo

Esta era uma cidade fortificada, a sua muralha em pedra se estende por 1,5 km em volta do perímetro da cidade, em alguns pontos a muralha é alta até 13 metros. Os muros originais são do século VIII-XI, mas o que visitamos hoje é do século XVIII, data da sua última restauração devido ao terremoto que destruiu muitos edifícios.

Muralha de Pedra

 A Porta da Vila é o principal acesso para Óbidos. Atrás da porta se eleva uma pequena capela coberta por azulejos brancos e azuis do século XVII, os quais retratam a Paixão de Cristo, e no teto encontramos a coroa de espinhos.

Porta da Vila

Existem também algumas igrejas muito interessantes, por exemplo a Igreja de Santa Maria, a santa padroeira da cidade. Aqui podemos admirar o lindo afresco no teto e as paredes cobertas com os característicos azulejos brancos e azuis pintados à mão do século XVII.

Igreja de Santa Maria
Igreja de Santa Maria

A Igreja da Misericórdia, fundada pela rainha D. Leonor no século XV, possui um interessante património artístico. No pórtico do ingresso se encontra uma antiga imagem de Nossa Senhora em porcelana azul. As suas paredes são inteiramente decoradas com azulejos de 1678 que datam a sua última restauração.

Igreja da Misericórdia
Nossa Senhora

A Igreja de São Pedro foi edificada no século XII-XIV, era uma basílica gótica de três naves, com alpendre e escadaria, no pórtico exterior principal. Foi sede da Colegiada de S. Pedro. Devido ao terremoto de 1755 restou apenas o altar-mor em talha dourada com trono e a torre sineira com escadaria em pedra a formato caracol, a sua reconstrução foi muito singela.

Igreja de San Pedro

No Santuário do Senhor da Pedra a sua estrutura é de forma hexagonal, foi erguido em plena época barroca entre 1740 e 1747. Mas não foi possível completar os detalhes e por isto algumas janelas parecem ser invertidas. Na frente do edifício há um lindo chafariz azul e branco decorado com motivos barrocos. Esta Igreja foi dedicada ao Senhor da Pedra, no dia 28 de maio existe uma procissão em sua honra.

Santuário do Senhor da Pedra

O museu municipal se encontra em um edifício do século XVII, este museu abriga pinturas de vários séculos.

Museo Municipal
Museo Municipal

Há mais de quinze anos que na época de primavera do 25 de abril ao 25 de maio é realizado o famoso festival do chocolate. Este festival é rico em exposições de esculturas de chocolate, espetáculos com os chocolatiers, aulas e demonstrações culinárias com vários chefs e muito mais. Para os pequenos a diversão é garantida na “Casa de chocolate das crianças”, aqui eles poderão preparar bombons com as mãozinhas deles. Uma das atrações mais gulosas é criar pequenas xícaras de chocolate onde se serve o ginjinha, um famoso licor de cereja típico de Óbidos.

Festival do chocolate
Ginjinha

Deixe o seu Comentário