Marselha em Provença

Provença é com certeza uma das mais pitorescas regiões da França que consegue oferecer emoções únicas aos turistas que visitam esta terra. Situada na costa meridional da França, entre Itália e Espanha, tocando as calmas águas do mar Mediterraneo. Provença não é somente sinônimo  de luxo, mas também de natureza, pequenas vilas medievais e a sua única e característica beleza. Esta região é rica de cidades históricas, locais arqueológicos, paisagens deslumbrantes e áreas costeiras encantadoras. Um lugar perfeito para organizar uma viagem de relax e cultura. Entre os lugares principais desta região encontramos as cidades de Marselha, Aix-en- Provence e Avignon, mas existem também pequenas cidades como Orange, Arles e Luberon, submersas nas imensas plantações de lavanda.

Campos de lavanda, Provença

Uma das cidades mais conhecidas é Marselha, a cidade mais antiga da França. Esta cidade foi coroada em 2013 a capital europeia da cultura. Este é um lugar multiétnico, aqui vivem pessoas com origens de vários lugares do mundo. É uma cidade rica de história e de uma natureza linda. Aqui existem enseadas ao longo da costa que tocam as águas azuis, criando uma paisagem idílica. 

Marselha

Não podemos deixar de visitar o Porto Velho que por 2600 anos foi o coração pulsante desta cidade. Aqui um tempo se fazia o mercado Grego. Na metade do século XIX o porto velho podia acomodar contemporaneamente 1000 navios. O declínio das atividades portuárias foi inevitável com a introdução dos navios a vapor para as quais este porto era pouco profundo. Hoje é uma área só para pedestre, onde os vários restaurantes e cafeterias contribuem a criar uma atmosfera muito agradável.

Porto Velho

O bairro Le Panier é um dos mais antigos da cidade, com vielas estreitas e muita vida noturna caracterizadas por música ao vivo e bares com mesinhas ao ar livre. Este bairro se encontra em cima do velho porto e oferece os lugares mais de tendência, como hotéis de design, restaurantes e bares interessantes, um infinito número de ateliers e boutiques, lojas vintage e oficinas artesanais.  As origens do nome deste bairro são do século XVII, era o nome de uma pousada “Le Logis du Panier” 

Bairro Le Panier

Aqui podemos visitar a Catedral de Notre Dame De La Garde, esta catedral foi construída em 1853 em estilo romano-bizantino, a 154 metros do nível do mar. Se destaca pelas suas cúpulas, pelas pedras utilizadas na estrutura, pelos ornamentos como ouro e mosaicos, pelos murais, pelas pinturas e as esculturas, este é um dos pontos mais icônicos de Marselha. 

Catedral de Notre Dame De La Garde

Podemos também visitar a igreja de Vieille Charité, construída em 1640 para hospedar os mendicantes da cidade, uma verdadeira ajuda para a comunidade. Esta é uma estrutura em com estilo barroco e helenizante, situada no centro histórico.

Igreja Vieille Charité

A Catedral De La Major se encontra no bairro Joliette, este é o símbolo de culto cattolico da cidade. Uma antiga lenda conta que neste lugar uma época se erguia o templo dedicado à deusa Artemide. A estrutura tem 70 metros de altura, 142 metros de comprimento e um corredor interno de 20 metros. Realmente um edifício impressionante. A sua construção começou em 1852 e se concluiu em 1893. A catedral pode hospedar até 3000 pessoas contemporaneamente. 

Catedral De La Major

Uma icona de Marselha associada à literatura é o Castelo D’If, é um forte localizado sobre uma rocha ao largo da costa, dentro do arquipélago das ilhas Frioul. A construção desta estrutura começou em 1527.

Castelo D’If

O mercado do peixe é com certeza uma experiência inesquecível, todos os dias de manhã cedo na rua Quai des Belges, e para saborear delícias culinárias è só ir a Avenue du Prado, aqui encontramos muitos restaurantes famosos.

Mercado do peixe, Porto Velho

 Para terminar, devemos programar uma visita ao MAMO, o museu de arte contemporânea, localizado em uma estrutura realizada pelo famoso arquiteto francês Le Corbusier.

MAMO, museu de arte contemporânea