fbpx

Lisboa é a capital europeia localizada mais ao ocidente, acima de ser a única que toca o oceano Atlântico. A sua posição lhe confere uma luz especial e céus sempre límpidos e azuis. Uma das vistas mais características da cidade são as suas numerosas vielas atravessadas pelo típico bonde amarelo. As casas parecem ser construídas uma em cima da outra, e a brisa do oceano trás com se antigas histórias dos pescadores e marinheiros. não foi por acaso que Vasco da Gama partiu de Lisboa para a procura da Índia. Lisboa que oferece muitos lugares para ser visitados.

Lisboa

Como Alfama, que é o bairro mais antigo de Lisboa, podemos perceber pelo gesso corroído nas paredes das casas, os azulejos descoloridos e pelas vielas estreitas. Situado em uma ladeira entre o Castelo de São Jorge e o rio Tago. Sob o domínio Arabe Alfama obteve o seu máximo desenvolvimento, e foi a residência de nobres comerciantes. Podemos admirar ainda hoje os ricos detalhes nos antigos edifícios mouriscos e os velhos chafarizes escondidos nos pátios, tudo isto faz parte destes períodos felizes longe no tempo.Com a construção de novos bairros, Alfama tornou-se habitada por pescadores e por descarregadores de portos que trabalhavam no rio Tago. Nestas estreitas vielas não existe espaço para modernidade, aqui não existem carros, supermercados e nem restaurantes elegantes. Aqui podemos encontrar somente pequenas lojas,mercearias, e casas de fado onde se toca música tradicional portuguesa, comovente e melancólica, a verdadeira expressão da alma de Lisboa.

Alfama

Temos também o Castelo de São Jorge construído no século V pelos visigodos, é uma das construções mais antigas da cidade e um dos locais mais significativos e mais visitados pelos turistas. Este castelo é situado no monte mais alto de Lisboa. Graças a sua posição a vista completa da cidade e do rio Tago é deslumbrante.

Castelo de São Jorge

A Praça do Comércio é a maior praça de Lisboa, é situada no estuário do rio Tago, aqui no começo dos anos 500 foi construído o Palácio Real Ribeira que foi a residência do rei por cerca 200 anos. Infelizmente em 1755 foi destruído pelo terremoto. Na época o ministro marquês de Pombal mandou reconstruir completamente esta praça, restituindo-lhe a sua posição de prestígio. Tornou-se o lugar onde os comerciantes negociavam os produtos do exterior e os financiadores encomendavam aos navegadores as expedições para o mundo. Ao centro da praça encontramos a estátua equestre do Rei José I, realizada em 1775 pelo mais famoso escultor da época, foi a primeira estátua dedicada a um rei em Lisboa. O perímetro da praça é delineado por um edifício tradicional amarelo, interrompido somente pelo Arco da Rua Augusta, ricamente decorado, este é o ingresso para o centro da cidade.

Praça do Comércio

O bairro Baixa se encontra entre os rios Tago e Rossio, próprio no centro do monte onde se encontram o bairro Alfama e o bairro Alto. Baixa se ramifica em uma rede e paralelas, com um específico ordem geométrico. O marquês de Pombal que quis este desenho arquitetônico depois do terremoto em 1755, e mandou construir edifícios com normas anti-sísmicas. Situado no fulcro da cidade, este elegante bairro é o centro da vida diurna da capital, com suas lojas na moda, restaurantes,confeitarias e cafeterias tradicionais. Na Rua Augusta, se encontram muitos bancos e empresas, que tornam o bairro Baixa um importante centro comercial e econômico. Uma das atrações do Baixa é o Elevador de Santa Justa, um monumento em estilo neogótico e decorado em ferro que leva para uma torre onde podemos admirar uma vista completa da cidade e dos montes. Não podemos deixar de ver as ruínas do Convento do Carmo.

Bairro da Baixa

A catedral de Lisboa, é um edifício em estilo românico, é a sede da arquidiocese da capital. Foi construída em 1147, em cima das ruínas de uma antiga mesquita. Desde então este edifício foi modificado muitas vezes, e sobreviveu a vários terremotos. O resultado é um mix de vários estilos arquitetônicos.

Catedral de Lisboa

A Torre de Belém é alta 30 metros, e foi construída em 1515 pelo rei Giovanni II, com a finalidade de defesa da boca do rio Tago. Este monumento è em estilo gotico e bizantino. Em origem a torre se encontrava no meio do rio, devido ao deslocamento do litoral, hoje se encontra nas margens do rio Toga.

Torre de Belém

O Mosteiro dos Jerónimos se encontra no bairro de Belém, ao lado do rio Tago. este é um dos edifícios mais representativos do estilo manuelino, com uma arquitetura suntuosa e de transição do estilo gótico tardio e estilo renascentista. Esta obra de arte foi inspirada pelo rei Manuel I. Aqui há um tempo ficava a pequena igreja dedicada à Ermida do Restelo, na qual Vasco da gama e a sua equipagem passaram a noite antes de partir para viagem que definiu a rota para a Índia. O rei Manuel I quis construir o mosteiro neste ponto para celebrar o grande navegador e a potência do Reino de Portugal. O resultado é magnifico. No mosteiro encontramos os túmulos do rei Manuel I e da sua família, também de outros reis que os sucederam, do Vasco da Gama e do poeta Luís de Camões. Na Capela encontramos o sepulcro do escritor Fernando Pessoa. Em 1983 este monumento foi classificado Património da UNESCO junto com a Torre de Belém.

Mosteiro dos Jerónimos

Lisboa é testemunha de um dos períodos históricos mais importantes e floridos, uma cidade com muitas histórias para ser contadas. 

Deixe o seu Comentário