fbpx

Florença é uma cidade que preserva intacto o próprio charme e a glória do passado. Esta é uma cidade encantadora que nunca nos deixa de surpreender, com suas obras-primas de arte, os mármores coloridos das igrejas e as arquiteturas que evocam a sua importância e o envolvimento na criação da cultura e da arte renascentista. Florença é a capital da Toscana

Florença

A Piazza Duomo é o coração desta cidade maravilhosa, com a Basilica di Santa Maria del Fiore, encimada pela majestosa cúpula de Brunelleschi, o Batistério de San Giovanni um magnífico exemplo de estilo românico florentino, o Campanário de Giotto uma obra-prima de estilo gótico florentina. Nas costas do Duomo encontramos o Museu dell’Opera de Santa Maria del Fiore, onde podemos admirar uma coleção de obras provenientes da Catedral, do Batistério e do Campanário. 

Piazza Duomo, Basilica di santa Maria del Fiore com ao lado Batistério de San Giovanni
Cupola de Brunelleschi de Santa Maria del Fiore
Campanário de Giotto
Museu dell’Opera de Santa Maria del Fiore

A Piazza della Signoria representa o centro histórico da vida civil, aqui encontramos a galeria aberta Lanzi do século XVI, o chafariz de Neptuno, e o Palácio da Signoria que è um dos monumentos símbolo de Florença, no qual em frente podemos admirar algumas famosas estátuas inclusive uma cópia do David de Michelangelo.

Galeria aberta Lanzi
Chafariz de Neptuno
Palácio da Signoria

Do lado da praça encontramos a majestosa Galeria Uffizi, sede de um dos museus mais importantes do mundo, a sua coleção inclui obras de Botticelli, Michelangelo, Leonardo Da Vinci e muitos outros grandes artistas. O Corredor Vasariano conecta este edifício com o Palácio Pitti e com o Palácio da Signoria, este é um elemento arquitetônico de grande importância, projetado por Vasari na metade do século XVI. 

Galeria Uffizi
Galleria Uffizi
Corredor Vasariano

Entre Piazza del Duomo e Piazza della Signoria surgem tesouros arquitetônicos como a igreja de Orsanmichele, o Palácio do Bargello do século XIII, o qual hoje è o museu nacional um dos mais importantes ao mundo pela escultura do século XV-XVI.

Igreja de Orsanmichele

Não podemos deixar de visitar a galeria aberta do Mercato Nuovo do século XVI. Ao centro desta galeria há uma estátua de um javali em bronze que é considerada um amuleto de boa sorte, e o grandioso Palácio Strozzi do século XVI com seu lindo quintal.

Galeria aberta do Mercato Nuovo
Estatua de Javali
Palácio Strozzi
Quintal Palácio Strozzi

Santa Croce é um lindo bairro medieval, com sua homônima basílica, famosa pelos seus afrescos feitos por Giotto e por guardar os túmulos de vários ilustres italianos como Michelangelo, Galileo e Macchiavelli. Os palácios de San Lorenzo merecem ser visitados.

Basílica de Santa Croce
Palácio de San Lorenzo

Passando pelo antigo e impressionante Ponte Vecchio, cheio de ateliês de ourivesaria, chegamos ao bairro de Oltrarno, aqui encontramos a cenográfica praça dominada pelo Palácio Pitti. Este imponente palácio foi a residência da família Médici e da família Lorena, com o maravilhoso parque “Giardino di Boboli”, um lindo exemplo de jardim em estilo italiano. No bairro Santa Croce podemos visitar também o “Piazzale Michelangelo”, destino amado pelos turistas, por sua vista sobre Florença, seus montes vizinhos, e da igreja de San Miniato al Monte, um dos melhores exemplos de românico florentino.

Ponte Vecchio
Palácio Pitti
Vista do Piazzale Michelangelo

Estes são só uma pequena parte de todos os monumentos que esta rica cidade nos oferece. Florença era e continua sendo o berço da arte. 

Deixe o seu Comentário