As comidas mais esquisitas da Europa

Hoje vamos fazer uma viagem gastronômica pela Europa. Vamos visitar várias cidades para conhecer algumas receitas, típicas mas ao mesmo tempo originais. Graças a gastronomia vamos conhecer parte de algumas culturas. 

  1. Hákarl, Islandia

A carne de tubarão é venenosa, mas os Islandeses não desistiram. Eles encontraram um processo que torna a carne comestível, mediante a fermentação e secagem, que leva dos dois aos quatro meses. Mediante este procedimento a carne adquire um cheiro de amônia, e muitos dizem que o gosto é assustador.

  1. Casu Marzu, Italia

O queijo com verme é uma especialidade da Sardenha. A produção deste queijo singular não foi ainda totalmente regulamentada. A população da Sardenha é muito orgulhosa desta iguaria. Enquanto comemos um pedaço de queijo podemos perceber as larvas vivas pulando. O sabor è agrádavel.

  1. Royal Baby Gaga, Inglaterra

Este alimento não faz parte de uma tradição. Porém, em 2011, quando uma ativista britânica queria expressar o seu direito de amamentar em público, junto com uma gelateria chamada The Licktators, criaram um sorvete de leite materno. O leite é doado gratuitamente por algumas mães da região. O lucro é destinado para algumas associações.

  1.  Zimne Nogi, Polonia 

 Os polacos não jogam nada fora. Estamos falando de uma gelatina de pés de vaca. Os pés de vaca são fervidos por várias horas com alguns temperos. Após estar pronto se deixa esfriar, toda a gordura quando estiver fria vai se transformar em uma gelatina com dentro os pedaços de carne. 

  1. Haggis, Escocia

 Esta é uma tradição escocesa, um prato para os corajosos. Para realizá-lo é preciso ferver o coração e o fígado de uma ovelha, cortar tudo em pequenos pedaços e misturar com aveia.  Se enche bem a barriga da ovelha com esta mistura e se cozinha por três horas. Esta guloseima é servida com batatas e nabo.

Qual desses pratos você comeria com gosto, e qual não conseguiria provar?